CAMPO -  A importância dos trabalhadores rurais brasileiros

Congressos, Encontros, Simpósios e SemináriosEventosExposições, Feiras e Festivais

24º Seminário Internacional do Café em Santos

Logo do 24º Seminário Internacional do Café

A Associação Comercial de Santos (ACS) definiu os últimos detalhes da programação da 24ª edição do Seminário Internacional do Café, que será realizado de 21 a 23 de maio, no Blue Med Convention Center, à Pr. Almirante Gago Coutinho, 29, Ponta da Praia, em Santos/SP. O fórum terá nomes renomados no cenário internacional integrando os painéis previstos.

O tradicional evento da Associação Comercial de Santos (ACS), volta a ser realizado em Santos depois de muitos anos, reunindo produtores e compradores do principal produto de exportação brasileira. É um evento bienal que reúne especialistas, produtores, pesquisadores e representantes da indústria de café de todo o mundo para discutir os desafios e as tendências do setor, excelente oportunidade para mostrar a cidade de Santos, mostrando uma cidade que foi construída para ser exportadora de café. Toda a história de Santos está ligada ao café, e o Brasil é hoje o maior produtor e tem as exportações concentradas no Porto de Santos.

Chegada do café para embarque no Porto de Santos, 1928
Chegada do café para embarque no Porto de Santos, 1928
As catadoras de café nos armazéns de beneficiamento próximos ao Porto – Mostra “As Mulheres do Café”, Museu do Café de Santos
As catadoras de café nos armazéns de beneficiamento próximos ao porto
Mostra “As Mulheres do Café” – Foto: Museu do Café de Santos
Chegada do café para embarque no Porto de Santos, 1928
Chegada do café para embarque no Porto de Santos, 1928
Embarque de café pelo Porto de Santos, 1928
Embarque de café pelo Porto de Santos, 1928

Toda a programação de palestras foi elaborada com o intuito de mostrar os cenários atuais, com seus desafios, e apontar os melhores caminhos, a fim de que o setor aproveite todas as oportunidades que vão surgir. Além de muito conteúdo, o evento proporciona momentos de networking. O objetivo é que reuniões e visitações que compõem o cronograma possibilitem que novos negócios e parcerias sejam fechados ao longo do seminário.

Entre os assuntos a serem abordados, o mercado atual será debatido no painel dos CEOs que irão avaliar se o excedente da safra deste ano será suficiente para atender à demanda mundial. Além de debater o presente, o seminário vai falar do futuro da cafeína, que segue ganhando formatos diferentes de consumo. Os especialistas, que atuam em mercados distintos no âmbito global, terão a responsabilidade de analisar o desenvolvimento de modos alternativos de uso do café para os mais variados locais e culturas. Evidentemente, também serão abordados formatos atuais, como o café convencional, em cápsula, solúvel e afins.

Panorama visto das montanhas do Monte Serrat, que dão vista ao terminal portuário, 1928
Panorama visto das montanhas do Monte Serrat, que dão vista ao terminal portuário, 1928
Os Carregadores de Café em Santos, edição postal da Missão Brasileira de Propaganda em Paris, 1910
Os carregadores de café em Santos, edição postal da Missão
Brasileira de Propaganda em Paris, 1910
Embarque de café para a Europa, 1895
Embarque de café para a Europa, 1895

Ademais das questões ligadas ao mercado, o cuidado com o meio ambiente terá grande destaque na programação. Um dos pontos altos será a participação da diretora-executiva da Organização Internacional do Café (OIC), Vanusia Nogueira, a primeira mulher a ocupar o cargo na entidade. A convidada vai discorrer a respeito de sustentabilidade no café e economia circular, bem como mecanismos de financiamento de produtores.

Já no painel Regulatório/ESG, estarão representadas as principais associações do mundo, como a britânica e a suíça, focando o novo fluxo do comércio global em tempos de ESG, envolvendo padrões e boas práticas de sustentabilidade ambiental, social e governança corporativa.

O debate passa por novas regulações, considerando o impacto das legislações no fluxo e na forma de se comercializar café. O principal ponto é o European Union Deforestation-Free Regulation (EUDR) ou Regulação de Livre Desmatamento da União Europeia em tradução simples. Está previsto que, a partir de 2025, todo produto que entrar em território europeu deverá ter comprovação de que é oriundo de área não desmatada. Por fim, os palestrantes irão ponderar o quanto o Brasil está preparado para este desafio.

Chamada 24º Seminário Internacional do Café

O uso da tecnologia para ajudar em toda esta conjuntura também terá espaço na programação. No painel Inovação, os especialistas vão refletir a respeito da Inteligência Artificial (IA) na agricultura, julgando como os novos sistemas podem ajudar na produção agrícola e em pesquisas.

Haverá, também, um painel voltado para o marketing abordando a força do café brasileiro e a importância de fortalecer e explorar mais a imagem do café brasileiro no mundo. O país é o maior exportador do planeta, respondendo por até 35% da oferta da bebida. O evento conta, ainda, com um painel com foco em infraestrutura e os impactos na movimentação de cargas pelo Porto de Santos, que embarca cerca de 80% do café exportado pelo Brasil.

Além das palestras e debates, o evento conta com uma feira de negógios, onde os participantes podem conhecer as últimas novidades em equipamentos, insumos e tecnologias para a produção e processamento do café. A organização ressalta a ideia de formar parcerias nas áreas cultural e de turismo, nos moldes da 14ª Conferência Anual das Cidades Criativas da Unesco, que mobilizou a rede hoteleira e o comércio em julho do ano passado. O objetivo é envolver a cidade e aproveitar o potencial que Santos tem, mostrando atrações como a Bolsa Oficial do Café, o Museu Pelé, os bondes e a rede hoteleira, com muito a oferecer em cultura, hospitalidade e infraestrutura.

Banner do 24º Seminário Internacional do Café

O evento realizado no ano passado bateu recorde de público, reunindo mais de 600 participantes, de mais de 20 países, principalmente da Europa, além dos Estados Unidos. Os organizadores destacam a importância de resgatar o evento para Santos, pelo significado do porto na exportação do café brasileiro. O 24º Seminário Internacional do Café tem o patrocínio da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil), Serasa Experian, Nucoffee, Cooxupé dentre outros parceiros e conta com o apoio da Prefeitura de Santos.

Para efetuar a inscrição e conferir mais informações sobre o evento CLIQUE AQUI.

Leia também: