CAMPO -  A importância dos trabalhadores rurais brasileiros

EventosExposições, Feiras e FestivaisPremiações e Competições

Parque da Água Branca recebe a Exposição do Cavalo Árabe

Chamada para a 7ª Exposição Interamericana do Cavalo Árabe

Com entrada gratuita, o Parque da Água Branca, um dos maiores símbolos da equinocultura brasileira, localizado na zona oeste da capital paulista, sediará mais uma vez a 7ª Exposição Interamericana do Cavalo Árabe, raça considerada a mais antiga do mundo, que acontecerá de 23 a 26 de maio. Além das competições equestres, que terão a participação de criadores e animais de todo o país, o local contará com outras atrações.

De acordo com estimativas da Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Árabe (ABCCA), o evento deve injetar mais de R$ 1 milhão na economia de São Paulo (SP). Sobretudo, no setor de transporte, alimentação e hospedagem. Ao todo, a exposição reunirá mais de 120 animais da raça, de São Paulo, Minas Gerais, Parará, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal, que apresentarão toda a sua beleza e versatilidade em pista.

Animal na pista de julgamento na prova de halter
Animal na pista de julgamento na prova de halter
Animal na prova de traje típico
Animal na prova de traje típico

O cavalo árabe mantém uma forte ligação com o Parque da Água Branca, que foi berço não apenas desta raça, mas também de muitas outras, que foram difundidas no Brasil. Há muitas décadas, o parque abriga a sede da associação da raça e, por isso, a realização de exposições no local é celebrada como um momento de grande importância para todos os criadores do cavalo árabe.

A 7ª Exposição Interamericana do Cavalo Árabe, que terá brasileiro e estrangeiros nos julgamentos – Luiz Antônio Moreira Rocco (Brasil), Steve Dady (Estados Unidos) e Sufian Taha Al Husseini (Palestina) –, é um dos maiores eventos da ABCCA. Sua importância é ressaltada pelo fato de anteceder a Exposição Nacional, que ocorrerá no início de julho deste ano, no Helvetia Riding Center, em Indaiatuba (SP). Os julgamentos ocorrerão em quatro modalidades equestres diferentes: uma de Conformação (Halter) e três de Performance (Western Pleasure, English Pleasure e Traje Típico).

Assim como no fisiculturismo, onde os competidores são julgados pela simetria, definição muscular e proporção do corpo, no Halter os jurados analisam a estrutura óssea, musculatura, proporções e a aparência geral dos equinos, machos ou fêmeas, nas mais diversas categorias. Os animais são conduzidos pelo cabresto pelos apresentadores, que os exibem em uma pista circular para que os juízes possam avaliá-los de todos os ângulos.

Chamada para a 7ª Exposição Interamericana do Cavalo Árabe

Nas provas de performance, o cavalo árabe exibe sua versatilidade em diversas modalidades, onde o estilo de montaria, o traje do cavaleiro e os acessórios do cavalo são levados em consideração para a pontuação final. Durante a exposição no Parque da Água Branca, serão realizadas provas em três modalidades de performance: Western Pleasure, seguindo padrões de equitação ocidental; English Pleasure, com padrões da equitação inglesa; e no Traje Típico, que destaca a beleza do cavalo árabe em trajes tradicionais e cerimoniais.

O parque de volta às origens

Depois de 20 anos sem sediar eventos equestres, o Parque da Água Branca voltou a reunir raças equinas e entusiastas de todo o território nacional. A retomada ocorreu em março de 2023, com a realização da 36ª Exposição Interestadual do Cavalo Árabe, que registrou um público de mais de 3 mil pessoas. Além das competições, quem vai ao parque encontra diversão, contato com a natureza e várias opções de alimentação na região.

Para mais informações CLIQUE AQUI.

Leia também: