CAMPO -  A importância dos trabalhadores rurais brasileiros

AgriculturaAgricultura FamiliarCapacitaçãoCiência e TecnologiaGestão, Mercado e EconomiaLogísticaNotícias

Irrigação – Investimento em manejo de pivôs quadriplica produtividade de grãos e hortifrutis

Pivô de irrigação

Experimento faz com que hectare irrigado iguale a produtividade de 4 hectares de sequeiro

O produtor trabalha com as culturas de milho, soja semente, feijão, ervilha, girassol, sorgo, trigo, café, cebola e batata, e tornou-se uma referência em qualidade para o mercado.

Os dois primeiros pivôs instalados, com abrangência de 280 hectares, foram adquiridos através de projetos da Coopercitrus, planejados para gerar a maior eficiência com o uso racional de água.

Com o passar dos anos, a área irrigada cresceu, chegando a 1.850 hectares do total irrigados por 23 pivôs. O suprimento de água, com capacidade de 1.8 milhão de litros de água por hora, é feito via represa, reservatórios de água e poços artesianos.

Com um planejamento meticuloso, o produtor sabe exatamente quantos metros cúbicos de água vai utilizar.

Na média, cada hectare irrigado representa a produtividade do que teriam quatro hectares de sequeiro e a qualidade da produção também aumentou, tendo destaque para a soja, com média de 95 sacas colhidas por hectare.

Quem irriga, sai do risco

Todo este ganho gera maior competitividade nas negociações, pois o produtor trabalha com culturas de alto valor agregado.

Fica provado que um bom planejamento de irrigação, combinado com estruturas bem dimensionadas contribuem significativamente para o sucesso de um empreendimento rural. PLANEJAMENTO! Não se esqueça nunca desta palavra.

Leia também:

Irrigação – Sertão o “Pomar do mundo”

Irrigação – Planejamento eficiente e sustentável

Irrigação – Para ser eficiente precisa ser sustentável e econômica

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *