CAMPO -  A importância dos trabalhadores rurais brasileiros

EventosExposições, Feiras e Festivais

É hoje!!! São Paulo sedia Festival de Agricultura Urbana

Logo do 7º Festival de Agricultura Urbana

Uns acham que é “modinha”, outros que é “coisa de hippie”. O que a maioria desconhece, entretanto, é que as hortas urbanas são responsáveis por entre 15% e 20% de todo o alimento produzido no mundo e reúnem, atualmente, em torno de 800 milhões de agricultores urbanos no mundo, boa parte deles profissionais.

Em São Paulo, as hortas urbanas começaram a ter alguma visibilidade no meio acadêmico e despertar interesse da mídia – e de parte da população – a partir de 2004. O movimento de agricultura urbana na maior metrópole do país cresceu ainda mais em 2011, com a criação do grupo Hortelões Urbanos, que nasceu com o objetivo de reunir pessoas interessadas em trocar experiências pessoais sobre plantio orgânico doméstico de alimentos e inspirar a formação de hortas comunitárias.

A prática da agricultura urbana é hoje uma atividade incentivada pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (ONU/FAO) como estratégia de aumento da resiliência das cidades e adaptação às mudanças climáticas, além de ser um importante elemento na segurança alimentar da população.

Chamada para o 7º Festival de Agricultura Urbana

O cultivo de alimentos em cidades tem algumas vantagens em relação à agricultura rural, como proximidade dos mercados, baixo custo do transporte e redução de perdas pós-colheita, graças ao menor tempo entre as colheitas. Em períodos de turbulência ou instabilidade, a agricultura urbana sempre mantém as pessoas alimentadas quando o fornecimento de alimentos do campo é interrompido.

Voluntários de hortas comunitárias, agricultores urbanos profissionais, ambientalistas e interessados em temas ligados à vida saudável e sustentável se unem no próximo sábado (2) para a sétima edição do Festival de Agricultura Urbana. O encontro, que será realizado no Hub Green Sampa, vai debater as hortas urbanas de São Paulo em um dia repleto de atividades gratuitas para o público.

A programação inclui atividades relacionadas a hortas comunitárias, escolares e medicinais, Plantas Alimentícias Não Convencionais (PANCs), compostagem e trocas de sementes e mudas. Além disso, haverá feira de produtos orgânicos e de produtos artesanais, prática de yoga, recreação para crianças e show musical. Na praça de alimentação serão comercializadas diversas opções de refeições saudáveis e orgânicas. Os participantes são convidados a levar seus copos ou canecas e sacolas para as compras.

Horta urbana em terraço de um edifício
Horta urbana em terraço de um edifício

Com o objetivo de fomentar a agricultura urbana local enquanto tecnologia sustentável, também estarão presentes as organizações aceleradas pela primeira edição do Programa Sampa+Rural – Acelerando Hortas, uma iniciativa da Prefeitura de São Paulo, por intermédio da Agência São Paulo de Desenvolvimento (Ade Sampa). O Festival de Agricultura Urbana é realizado pelo Coletivo Festiveiras, em parceria com a Ade Sampa, entidade ligada à Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Trabalho.

Sampa+Rural

O Programa Sampa+Rural prevê ações que visam expandir a Assistência Técnica e Extensão Rural, a inserção de beneficiários do POT – Programa Operação Trabalho, também da Prefeitura de São Paulo, na área da agricultura, além da estruturação de 400 locais de agricultura na capital. A Coordenadoria de Agricultura, da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, responsável pelo programa, conta com três CAEs – Casas de Agricultura Ecológica nas zonas Sul, Leste e Norte, sendo a última responsável pelo atendimento também dos distritos da região central, Oeste e Sul em sua porção urbana.

Horta urbana da USP
Horta urbana da USP

A extensão “Acelerando Hortas” foi criada com o objetivo de impulsionar Espaços de Práticas Agrícolas (EPAs) em áreas urbanas, periurbanas e rurais. Este ano, 20 organizações foram selecionadas para receber mentoria e orientação gerencial, além de aporte financeiro, para auxiliar na solução de problemas específicos e aplicação de tecnologias sociais e/ou sustentáveis. Além de impulsionar as organizações por meio do apoio financeiro e orientação, a iniciativa tem o objetivo de apoiar soluções inovadoras para o local e melhorias que promovam o aumento da geração de renda, capacidade produtiva, de logística e comercialização dos agricultores.

Em julho de 2023, o Programa Sampa+Rural como o maior exemplo de inovação e impacto na qualidade de vida dos cidadãos. A iniciativa tem a missão de reconhecer, recompensar e reforçar iniciativas, programas e políticas públicas em contexto de gestão pública e alinhadas com os objetivos da Agenda 2030.

Programação do 7º Festival de Agricultura Urbana

Onde e quando

  • Centro de Inovação Verde Bruno Covas – Hub Green Sampa – R. Sumidouro, 580, Pinheiros, São Paulo/SP
  • Sábado (2/12) das 10h às 17h

Leia também: