CAMPO -  A importância dos trabalhadores rurais brasileiros

EventosFestas

Maria da Fé recebe a 5ª Festa do Azeite Novo

Chamada para a 5ª Festa do Azeite Novo

O município de Maria da Fé em Minas Gerais recebe a tradicional Festa do Azeite Novo, nos dias 26 a 28 de abril, de 10:00 às 20:00, em seu Centro Cultural localizado na Praça Getúlio Vargas, 60, Centro. O evento gratuito é organizado pela Prefeitura e Secretaria de Cultura e Turismo da cidade, com co-realização da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig), e terá programação composta por palestras sobre olivicultura, exposições de produtos, feira gastronômica, visitas a olivais, degustações guiadas e atividades para o público infantil.

A Epamig participará da mesa de abertura do evento, na sexta-feira (26/4) com uma apresentação sobre os seus trabalhos pioneiros em olivicultura, além de uma celebração do aniversário de 50 anos da empresa. A Epamig foi responsável pela primeira extração de azeite extravirgem do Brasil, realizada em Maria da Fé, no ano de 2008.

O Campo Experimental da Empresa em Maria da Fé receberá uma visita guiada na manhã de sábado (27/4), na qual os participantes poderão saber mais sobre pesquisas, cultivo da oliveira e processamento da azeitona para a produção do azeite de oliva. Os diversos temas serão tratados de uma forma prática, enquanto os visitantes terão a oportunidade de conhecer a unidade, os plantios, o laboratório e a agroindústria onde o azeite da Epamig é extraído.

Chamada para a 5ª Festa do Azeite Novo

Os pesquisadores oferecerão um plantão técnico ao longo do evento, no estande da Epamig montado no Centro Cultural de Maria da Fé, tirando dúvidas dos interessados. A empresa também participa, na noite de sábado (27/4), de um debate promovido pela Associação dos Olivicultores dos Contrafortes da Mantiqueira (ASSOOLIVE), sobre os rumos da olivicultura e os principais desafios para a cadeia no país.

Maria da Fé como referência nacional em olivicultura

Criada com o intuito de celebrar a colheita de azeitonas na região, bem como a produção dos novos azeites, a Festa do Azeite Novo chega à sua quinta edição com algumas novidades, a primeira delas sendo a data do evento, que antes ocorria durante a Semana Santa e este ano será realizado no final de abril.

O intuito dos organizadores é reforçar o entendimento da olivicultura como um dos pilares da identidade cultural do município. Por isso, também a dinâmica do evento foi reformulada, tornando-o menos técnico e mais direcionado a um público geral, como turistas interessados em conhecer os olivais da cidade e a produção local de azeites.

Nos dias 27 e 28/4, o Centro Cultural da cidade receberá palestras conduzidas por especialistas em olivicultura, que vão discutir temas como o pioneirismo de Maria da Fé na produção nacional de azeites, as diferenças entre azeites extravirgens de qualidade superior e azeites vendidos em supermercados, e o projeto de um Museu Virtual da Olivicultura e do Azeite.

Na manhã de domingo (28/4), o participante poderá participar de uma palestra sobre a importância do olivoturismo para a cultura e a economia de Maria da Fé. A olivicultura se tornou o principal indutor turístico da cidade, pois agora recebe visitantes ao longo de todo o ano para acompanhar as etapas do processo de produção do azeite. A expectativa é que a cidade receba entre 2 mil e 3 mil pessoas ao longo do fim de semana do evento.

Pôr do sol nos olivais e degustação de azeites para crianças

Além das palestras, a 5ª Festa do Azeite Novo terá exposições, workshops gratuitos, praça gastronômica e shows musicais, que ocorrem no Centro Cultural ao longo do fim de semana. Haverá também exposição de cosméticos à base de olivas, peças de roupas com o tema da olivicultura, chocolates e sabonetes feitos com azeite.

Banner da 5ª Festa do Azeite Novo

Um dos destaques da programação será a degustação de azeites para crianças. Para a organização, direcionar o conhecimento às crianças é plantar uma semente para que, lá no futuro, elas tenham mais informações e defendam Maria da Fé como a cidade do azeite. Cinco fazendas produtoras de azeite oferecerão atividades pagas, como almoços temáticos, cafés com degustação de azeites frescos, piqueniques e pôr do sol nos olivais. Interessados em agendar visitas às propriedades participantes devem visitar as páginas do evento nas redes sociais (@festadoazeitenovo), onde encontrarão links com contatos para reserva e as programações de cada fazenda. Constam da programação as fazendas: Fazenda Santa Helena, Fazenda Maria da Fé, Fazenda Tuiuva, Olivais de Quelemém, Casa Grappolo.

As inscrições para as palestras são gratuitas e podem ser feitas CLICANDO AQUI. Mais informações pelo telefone (35) 3662-1135 ou e-mail [email protected].

Leia também: