Cavalo Crioulo - Raça forte forjada nos campos do Sul

CriaçãoNotícias

Sericultura – Seu vizinho pode estar prejudicando seu negócio!!

Bicho da seda se alimentando da folha da amoreira

Cerca de 150 produtores de bicho da seda em São Paulo, Paraná e Mato Grosso do Sul foram prejudicados por seus vizinhos devido à deriva de agrotóxicos

A sericultura é a atividade que melhor remunera o pequeno produtor rural por hectare de área plantada no Brasil e tem alto valor bruto de produção, mas, segundo a Abraseda (Associação Brasileira da Seda), a deriva de agrotóxicos – porção de pesticidas que não atinge o alvo desejado – acarretou prejuízos significativos para os produtores. Em 2022, só no Oeste Paulista, já foram 26 casos de contaminação por aplicação irregular de agrotóxicos.

Produção e renda garantida desde 1940 sofre quedas drásticas

O prejuízo dos criadores de bicho da seda já ultrapassa R$ 200 mil nos dois primeiros meses do ano. Esta situação afetará toda a cadeia produtiva da seda, acarretando falta de matéria prima e redução de postos de trabalho nas indústrias, caso nenhuma atitude seja tomada.

Produtor com um punhado de casulos de seda

Para que os prejuízos sejam minimizados o mais rápido possível é preciso tomar algumas precauções:

  • Política da boa vizinhança: esta é uma forma simples de diferentes culturas agrícolas coexistirem;
  • Uso de produtos aprovados e de preferência biológicos e
  • Aplicação adequada.

Se houvesse a consciência por parte dos produtores de que a substância química deve atingir apenas o alvo desejado, já seria um grande passo para alcançarmos a solução do problema.

Leia também:

Criação de bicho-da-seda

Reduzindo o uso de agrotóxicos na sua lavoura

Apicultura – O impacto dos agrotóxicos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.