CAMPO -  A importância dos trabalhadores rurais brasileiros

Monitoramento da dinâmica da colheita por satélites

A falta ou insuficiência de dados sobre as culturas pode afetar o planejamento das atividades de campo e o desenvolvimento de estratégias de comercialização. Com tecnologia o produtor fica bem informado sobre o progresso da lavoura, planejando de forma inteligente e comercializando em grande escala com o sistema de monitoramento da dinâmica da colheita.

A tecnologia é baseada em satélites. Uma vez que os satélites orbitam a Terra, podem revisitar uma determinada área de interesse uma vez a cada 3-4 dias, tirando uma fotografia (por exemplo, de um único campo ou grupo de campos). A imagem é então processada e analisada captando alterações sutis nos comprimentos de onda da luz refletida das culturas à medida que se desenvolvem ao longo da estação. Em seguida, utilizando algoritmo, é calculado com precisão o teor de matéria seca das plantas, o que permite então determinar o estado da colheita.

Satélites fotografam áreas a cada 3-4 dias
Satélites fotografam áreas a cada 3-4 dias

Como o monitoramento da dinâmica da colheita pode impulsionar o seu negócio

  • A gestão melhora graças aos mapas de estado da colheita;
  • Permite a análise das colheitas em séries temporais;
  • Facilita o planejamento de aplicação de insumos de forma eficiente para melhorar a produção de cultivos futuros.
  • Permite a otimização da mão-de-obra e maquinário para uma colheita mais antecipada possível;
  • Melhora a exploração madeireira e a produção agrícola para acertar na tomada de decisões;
  • Permite planejar a rotação de culturas de forma mais eficiente;
  • Monitora e gerencia os funcionários de colheitas com facilidade;
  • Adiciona valor ao negócio, mantendo registros precisos da colheita;
  • Reduz fortemente as restrições de recursos e gestão de monitoramento da colheita com base no solo;
  • Monitora e mede os parâmetros dos cultivos que são colhidos;
  • Disponibiliza dados sobre o rendimento estimado;
  • Apresenta as datas de colheita de cada talhão;
  • Disponibiliza relatórios com indicadores numéricos do estado das colheitas de acordo com a necessidade do produtor.

Como ações importantes que as fazendas podem adotar para monitorar com precisão a dinâmica das culturas, temos:

1 – Sensoriamento remoto e imagens de satélite

O levantamento e a identificação de atividades agrícolas no campo fornecem indicadores informativos que podem ajudar nas operações agrícolas de precisão. Esses procedimentos são adicionais aos esforços mais amplos para monitorar os recursos hídricos e a segurança alimentar, e para a identificação de tempo de colheita. Embora os índices de monitoramento da vegetação e de água, como NDVI (Índice de Vegetação por Diferença Normalizada) ou NDWI (Índice de Diferença Normalizada da Água), sejam usados para monitorar a dinâmica das culturas, os dados nem sempre estão disponíveis devido à influência das nuvens e de outros efeitos atmosféricos nos sensores ópticos. Os sistemas de micro-ondas por satélite, como o radar de abertura sintética (SAR), oferecem uma vantagem para monitorar as condições do solo e das culturas em qualquer condição climática.

Múltiplas datas de colheitas detectadas

As mudanças climáticas e o crescimento populacional aumentaram a necessidade de água de irrigação para apoiar a produção agrícola. Essa situação faz com que esse seja um dos problemas mais graves enfrentados pelas regiões áridas e semiáridas em todo o mundo. Portanto, a quantificação do uso da água na agricultura e o monitoramento da saúde das culturas são fontes essenciais de informações para lidar com a escassez de água na agricultura. Também é importante desenvolver a capacidade de monitorar e caracterizar os eventos de campo, incluindo atividades como a programação da irrigação e a dinâmica das culturas associadas. Atividades como a data de semeadura, a estação de crescimento e a época da colheita devem ser registradas. Em muitos casos, isso facilita a recuperação de informações, não apenas para melhorar o gerenciamento da água agrícola, mas também para fornecer informações adicionais sobre a segurança dos sistemas de alimentos e água.

O sensoriamento remoto por satélite nas bandas óptica e infravermelha de ondas curtas tem sido uma abordagem eficaz para monitorar a dinâmica das culturas. Entretanto, os sensores ópticos são limitados a condições sem nuvens. Por outro lado, os sensores de radar de abertura sintética (SAR) superam essa limitação. O sinal SAR também pode penetrar sob as culturas e captar informações da vegetação e da superfície do solo, fornecendo uma imagem mais completa das condições da cultura e da umidade do solo.

Os dados espaciais permitem-nos fazer um inventário da superfície da Terra, rastrear alterações e detectar padrões sem a necessidade de intervenções no solo
Os dados espaciais permitem-nos fazer um inventário da superfície da Terra, rastrear alterações
e detectar padrões sem a necessidade de intervenções no solo

O sensoriamento remoto de séries temporais com alta resolução espacial e temporal é necessário para capturar eventos de irrigação e monitorar a dinâmica da cultura na escala do campo agrícola. Com o recente desenvolvimento das plataformas de observação da Terra, incluindo constelações de satélites, as imagens de alta resolução espacial e temporal estão se tornando cada vez mais disponíveis.

2 – Monitoramento preciso da colheita

Nenhum terreno pode ser muito remoto, nenhum campo pode ser muito vasto para a avançada tecnologia de monitoramento remoto de culturas. Agrônomos e especialistas podem obter uma vantagem sem precedentes ao identificar os talhões exatos a serem inspecionados e o momento ideal para isso.

Produtor gerenciando seus talhões para detectar problemas e agir com eficiência
Produtor gerenciando seus talhões para detectar problemas e agir com eficiência

Eles têm acesso ao monitoramento em tempo real de seus campos. A tecnologia oferece a possibilidade de desvendar os segredos do potencial de da cultura e receber atualizações regulares sobre os rendimentos estimados. Com relatórios detalhados, o pordutor pode ter uma visão detalhada do status da colheita. Se surgirem discrepâncias, a tecnologia fará a validação cruzada dos dados, identificando possíveis alterações.

Usando um algoritmo cuidadosamente desenvolvido, os especialistas calculam habilmente o conteúdo de matéria seca das plantas para determinar com precisão sua prontidão para a colheita. Dados do radar Sentinel-1 SLC e dados ópticos do Sentinel-2, estabelecem a base para uma compreensão abrangente dos processos que ocorrem nos talhões. É pela queda acentuada característica do NDVI, acompanhada por valores baixos sustentados por um longo período de tempo, que os cientistas podem avaliar o estado da safra.

Classificação da cobertura vegetal, do uso do solo, de culturas, monitoramento de colheitas e previsão de rendimento
Classificação da cobertura vegetal, do uso do solo, de culturas, monitoramento de colheitas e previsão de rendimento

A técnica com determinação inabalável proporciona sucesso impressionante, determinando com precisão a condição de colheita em 93% de áreas observadas. Ao implementar essas estratégias de monitoramento, as fazendas podem coletar informações precisas e oportunas sobre a dinâmica das culturas, permitindo o gerenciamento proativo, intervenções direcionadas e otimização de recursos. O monitoramento preciso melhora a saúde, a produtividade e a lucratividade geral das culturas, ao mesmo tempo em que minimiza os possíveis riscos associados ao gerenciamento.

Fonte: EOSDA

Leia também:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *