CAMPO -  A importância dos trabalhadores rurais brasileiros

Sacaria de fertilizante empilhada

Que tal algumas informações a respeito da melhor forma de armazenar fertilizantes e defensivos agrícolas?

A verdade é que o uso e armazenamento corretos do nitrato de amônio (produto que causou a explosão em Beirute) oferecem baixo risco ao produtor, uma vez que o fertilizante é estável e seguro em condições normais. Além disso, o nitrato de amônio por si só não é explosivo, mas pode formar uma mistura explosiva em determinadas condições ao ser armazenado incorretamente.

Cabe lembrar que o estoque desse produto nas propriedades é de baixo volume e que, se armazenado em condições normais, o risco é inexistente.

Dica 1. É recomendado que o armazenamento deste tipo de insumo seja separado de mercadorias como: cloro de limpeza de piscina, alvejantes, hipocloritos, ácido acético, anidrido acético, metais alcalinos, alumínio + nitrato de cálcio, alumínio, cloreto de amônio, cloreto de bário, bismuto, latão, cádmio, carvão vegetal + óxidos metálicos, sais de cloreto, crômio, cobalto, cobre, sulfeto férrico, óleos de hidrocarbonetos, ferro, chumbo, magnésio, manganês, níquel, combustíveis orgânicos, cromato de potássio, dicromato de potássio, nitrato de potássio, permanganato de potássio, cloreto de sódio, perclorato de sódio, açúcar, enxofre, estanho, titânio e zinco.

Dica 2. Sinalize o ambiente. Informe seus funcionários sobre a necessidade do cuidado com o insumo.

Dica 3. Um armazém de insumos agrícolas deve ficar longe de fontes de calor ou fogo, materiais combustíveis e substâncias incompatíveis. Procedimentos de proibição de fumar, porte de equipamentos que produza chamas e o uso de lâmpadas descobertas na área de armazenamento devem ser obedecidos.

Saco de fertilizante

Dica 4. A construção para a armazenagem deve vedar a umidade e ser bem ventilada. A grande maioria dos insumos não deve ser armazenada com luz solar direta para evitar os ciclos térmicos.

Dica 5. Siga a legislação que trata sobre o transporte de nitrato de amônio e demais produtos perigosos. As empresas que realizam o transporte de insumos agrícolas do tipo perigosos para transporte cumprem as diretrizes e são fiscalizadas pela Polícia Rodoviária, IBAMA, DNIT, Órgãos Estaduais de Defesa Sanitária Vegetal, Órgãos Estaduais do Meio Ambiente, Fiscalização do Trabalho (Ministério da Economia) e quando se trata de produtos controlados, como o caso do Nitrato de Amônio, o Exército.

Em 2019, foi publicada a norma NBR 9843 parte 3 que trata especificamente sobre o armazenamento dos agrotóxicos nas propriedades rurais, já para os fertilizantes as regras são definidas pelo Decreto 4.954 de 2004 e instruções fornecidas pelos fabricantes através da FISPQ (Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos) de cada produto.

Precaução e conhecimento são as armas mais eficazes
para lidar com o nitrato de amônio. Siga as dicas e fique seguro.

Leia também:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *