Cavalo Crioulo - Raça forte forjada nos campos do Sul

CriaçãoGestão, Mercado e EconomiaNotícias

China volta a comprar carne brasileira

Bandeiras do Brasil e China

Foram mais de 100 dias de embargo! A Administração Geral de Alfândegas da China publicou documento em que permite a retomada da importação de carne bovina do Brasil

Até setembro, mês em que o embargo começou, a China foi responsável por 56% da carne bovina brasileira exportada em 2021.

A suspensão do embargo não contempla apenas os lotes de carne bovina com o CSI emitido entre dia 4 de setembro e 14 de dezembro. Estes não serão aceitos. Ou seja, se a carne foi produzida na semana passada, mas só receber o CSI a partir de hoje, ela poderá ser exportada para a China.

Trabalhados de frigorífico fazendo os cortes de carne bovina

Maior exportador de carne bovina do mundo, o Brasil ficou temporariamente impedido de exportar para China no dia 4 de setembro, depois de dois casos atípicos de “mal da vaca louca” serem registrados em território brasileiro. Um em Minas Gerais e outro em Mato Grosso.

O protocolo sanitário, que consta no acordo comercial entre os dois países, prevê a normalidade das negociações após investigação dos casos por um laboratório internacional, como foi feito pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) no Canadá.

Leia também:

Pecuária – Atividade que mais usa terra no Brasil

Nelore – Tudo sobre a principal raça da pecuária nacional

Pecuária de corte – Bem-estar animal: Avaliação das potências e fraquezas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.