CAMPO -  A importância dos trabalhadores rurais brasileiros

Agricultura FamiliarCapacitaçãoCiência e TecnologiaGestão, Mercado e Economia

Caprinocultura – Programas de apoio para produtores

Cabra Saanen olhando para a câmera
Informações genéticas para auxiliar na seleção de animais superiores
 
O Programa de Melhoramento Genético de Caprinos Leiteiro (Capragene) tem como objetivo promover o melhoramento genético de caprinos leiteiros por meio da identificação de reprodutores geneticamente superiores para características de produção e qualidade do leite.

O programa apresenta dois pilares:

  1. controle leiteiro oficial e;
  2. teste de progênies de reprodutores de raças leiteiras.

Periodicamente, o programa publica o Sumário de Avaliação Genética do Capragene com informações sobre o valor genético de reprodutores e matrizes, servindo como uma ferramenta para o auxílio aos criadores nas tomadas de decisões de seleção e acasalamento para o melhoramento genético dos rebanhos.

O Capragene atua em parceria com a Associação dos Criadores de Caprinos e Ovinos de Minas Gerais (ACCOMIG), o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, e a Associação Brasileira de Criadores de Caprinos (ABCC).

Benefícios

– Promoção do melhoramento genético de caprinos leiteiros a partir da identificação de reprodutores e matrizes de maior mérito genético para produção de leite e da orientação dos acasalamentos.

Esta solução tecnológica foi desenvolvida pela Embrapa em parceria com outras instituições.

Além do Capragene, a Embrapa desenvolveu o Programa Genecoc, que auxilia o criador nos processos de coleta, controle e gerenciamento da informação de rebanhos, tais como avaliações genéticas e estimativas de valores genéticos expressos, como a diferença esperada na progênie (DEP), utilizando softwares livres.
O Genecoc disponibiliza as DEP’s obtidas e utiliza esses valores genéticos como referência para a construção de índices de seleção para controle de endogamia e indicação de acasalamentos que maximizam o ganho genético do rebanho.

– Redução da carência de informações de desempenho genético (matrizes e reprodutores com valor genético estimado) nas unidades produtivas de caprinos e ovinos.

– Sistematização da coleta, catalogação e armazenamento de informações genéticas para auxiliar na seleção de animais superiores.
 

Leia também:
 
 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *