CAMPO -  A importância dos trabalhadores rurais brasileiros

Apicultor inspecionando um favo

Triplicar a produção de mel em cinco meses, fazendo o manejo correto da criação. Qual o segredo? Capacitação é o segredo, o pilar fundamental para o crescimento profissional. A necessidade de manter-se atualizado e preparado para novos desafios cresce na mesma velocidade que as demandas do mercado se transformam. É importante entender que a capacitação é uma ação contínua de aprendizado de competências técnicas e comportamentais exigidas para atender as demandas do mercado e as necessidades de qualquer que seja o negócio, e as atividades rurais não ficam fora disso. Desse modo, a capacitação profissional garante não só a evolução pessoal, como também uma cultura de aprendizado que promove a inovação e a alta performance do profissional ou das equipes, possibilitando o alcance dos melhores resultados.

Investir em capacitação profissional vai além de apenas cumprir requisitos básicos de treinamento. Esse investimento deve fazer parte da cultura organizacional (propriedade ou empresa rural) e ser um compromisso estratégico. Além de ser importante para o sucesso do negócio rural, impacta positivamente a carreira das pessoas ao promover o desenvolvimento pessoal e profissional.

O apicultor Luan Brito de Itaporanga/SP
O apicultor Luan Brito de Itaporanga/SP

E atento para a necessidade de aprimoramento o apicultor de Itaporanga/SP, Luan Brito, terceira geração de produtores, procurou ajuda e decidiu ingressar no “Programa de Apicultura” do SENAR-SP para melhorar sua produção. Ao ouvir o modo com que Luan Brito lidava com suas colmeias, o instrutor Wilson Luiz de Souza brincou: “Você não é apicultor, é ‘ladrão de mel'”. Luan, que toca uma chácara com o irmão Eduardo, pensou: “Como assim?”, pois ele vem de uma família de apicultores tradicionais da região.

No segundo dia do curso, ele já estava concordando com o instrutor!!! Não é para menos, depois dos cinco meses de treinamento, sua produção aumentou mais de 200%. O programa é promovido pelo SENAR-SP em todo o
estado e possui seis módulos: Implantação do apiário; Produção de mel e aproveitamento de cera; produção de pólen; produção de geleia real e rainhas; produção de própolis; Gestão da propriedade.

O “ladrão de mel” é aquele que só vai na caixa de criação de abelhas para tirar mel. Para deixar de ser “ladrão de mel” é só seguir os ensinamentos do curso. O pulo do gato na apicultura do Brasil é alimentar a abelha e dar espaço para ela trabalhar. Se não alimentar a abelha, ela não vai desenvolver corretamente e vai até migrar. Pra dar espaço para a produção, tem de colocar bastante melgueira para ela trabalhar.

Momento do curso de inspeção de uma colônia de Apis melifera
Momento do curso de inspeção de uma colônia de Apis melifera

O último curso do programa do SENAR-SP foi realizado na própria chácara de Luan. Ele trabalha com abelhas desde pequeno e espera que o seu filho Raul, de cinco anos, siga pelo mesmo caminho. O menino observa o pai centrifugando o mel e preparando o produto para a venda.

Mesmo tendo passado toda a vida lidando com apicultura, a qual aprendeu com o seu pai e o avô, Luan explica que, ao participar do curso, descobriu que fazia 95% do manejo das colmeias de forma errada. Davi vem servindo de exemplo, pois depois que viram sua evolução, os produtores da região querem participar do programa também, para aprender a manejar corretamente suas colmeias.

Empenhado em prosperar na apicultura, Luan vem aproveitando o que aprendeu no curso. Começou a construir uma Casa do Mel, otimizando a área em que o produto é preparado. Agora, Luan batalha a documentação para obter certificações para sua produção, para ter um produto mais valorizado. A ideia é que a Casa do Mel também incentive a exploração do turismo rural.

Luan e seu irmão com os favos coletados
Luan e seu irmão com os favos coletados

O curso oferecido pelo SENAR-SP serve não apenas para aqueles que já produzem mel, mas, principalmente, para quem deseja investir com segurança num novo mercado. Conheça os cursos do SENAR-SP CLICANDO AQUI.

Por tudo isso, é importante incentivar a participação ativa nos programas de capacitação criando uma cultura que valorize o aprendizado e demonstrando como o desenvolvimento contínuo contribui para o crescimento pessoal e profissional. A capacitação profissional não é apenas um evento isolado, mas um compromisso contínuo com o crescimento pessoal e organizacional. Ao investir em capacitação, profissionais e empresas podem criar um ambiente que fomenta o desenvolvimento, o engajamento e a alta performance.

Leia também:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *