Cavalo Crioulo - Raça forte forjada nos campos do Sul

Pai e filho num final de tarde conversando ao por do sol sobre a empresa rural da família
Três entre quatro negócios familiares no Brasil fecham as portas após o processo sucessório!
 
Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e do Sebrae, as empresas brasileiras familiares têm papel fundamental na economia, pois representam cerca de 65% do PIB e empregam 75% da força de trabalho do país.
 
No entanto, após serem sucedidas, a grande maioria delas encerra as atividades após um processo sucessório.
 
Segundo os dados, 72,4% das empresas não apresentam uma sucessão definida para cargos-chave como os ligados à diretoria, presidência, gerência e gestão!
 
Para garantir a longevidade da empresa rural por várias gerações, o planejamento deve ser definido desde o começo, a cada início de comando. É  fundamental ter transparência neste processo e ter definidos as metas e os procedimentos que serão utilizados. 

Delegar as funções principais de uma empresa requer atenção aos mais jovens que mostram talento ou características diferenciadas e adequadas para cada uma delas. Estes novos talentos podem ser ou não da própria família. De preferência, eles devem estar ligados ao que acontece em outras empresas do agro, a novas tecnologias e soluções e a acordos que propiciem oportunidades e prosperidade para o negócio.

As novas gerações estão abertas e integradas ao que acontece e às tendências do mercado, permitindo a possibilidade de desenvolver novos produtos e processos para continuar crescendo.

Disrupção

Um conceito muito utilizado atualmente, principalmente na área das startups, é o de processo disruptivo. São ações transformadoras radicais que têm por objetivo mudar o cenário, no caso o agrícola, e a experiência do agricultor/consumidor com cada produto. O objetivo principal é produzir mais, economizar mais e ser o mais sustentável possível em cada momento da cadeia de produção.

A empresa precisa estar focada em produtos autônomos, de tecnologias em inteligência artificial, Big Data, conectividade, telemetria, controle remoto.

Experiência

Claro que ser um homem do campo, da lida diária com a terra ajuda a formar bons profissionais. Mas quem pensa em sucessão deve exigir muito mais dos profissionais que tomaram as decisão que determinarão o futuro da empresa.

Cursos direcionados à gestão, conhecimentos em assistência técnica, marketing, venda, pós-venda, contratos, economia são cada vez mais requisitados e necessários. Quanto mais conhecimento melhor. Se um profissional não é capaz de suprir todas estas áreas, pense em uma equipe multidisciplinar, com conhecimentos distintos e complementares.

Colocar estes profissionais lado a lado daqueles que gerem os diversos setores é uma forma de passar experiências e de possibilitar a vivência em diversas situações do cotidiano corporativo. Desta forma, eles podem ver como as decisões são tomadas e começar a pensar em novas alternativas gerenciais, executivas e tecnológicas que possam substituir as metodologias atuais e maior produtividade e rentabilidade.

Para que uma pessoa esteja preparada para assumir postos estratégicos na empresa, são anos de preparação para uma transição tranquila e assertiva. Os mais experientes devem estar o tempo inteiro disponíveis a atender as solicitações dos mais novos e abertos às sugestões que serão apresentadas eventualmente.
Então, se você ainda não pensou em sucessão na sua fazenda, na sua empresa agrícola, está em tempo de semear esta ideia. Procure ao seu redor os talentos a serem lapidados, aqueles que você pode confiar, que estejam dispostos a passar por este processo seletivo e duro, e que tenham disposição para estudar e trabalhar arduamente.

Estimule a busca de conhecimentos

Promova eventos de troca de ideias e projetos. Implante os conceitos de pesquisa e desenvolvimento em seu negócio. Esteja pronto a ajudar. Esteja aberto a mudanças! É um caminho longo, mas que pode manter sua empresa, na maioria um sonho de um empreendedor ou projeto de vida de uma família inteira, viva por várias gerações.

Leia também:
 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.