CAMPO -  A importância dos trabalhadores rurais brasileiros

AgriculturaCapacitaçãoCiência e TecnologiaGestão, Mercado e EconomiaMeio Ambiente e EnergiaNotícias

Gotejamento aumenta produtividade na citricultura

Laranjas ao pé

Em uma decisão certeira, família reduziu a incidência de morte súbita dos citrus e aumentou a produtividade

Se a água é o insumo mais importante para as lavouras, a irrigação por gotejamento é uma das formas mais inteligentes de fornecer água às plantas, pois entrega a quantidade ideal, no momento certo e diretamente na raiz. Quando o produtor investe em um projeto de irrigação, ele rapidamente tem um aumento da produtividade, contorna os desafios nos períodos de estiagem e tem mais flexibilidade no manejo da produção.

O citricultor Eduardo Ribeiro Ralston, que administra há 22 anos o pomar iniciado por seu pai em 1958, comprova esse fato. Em setembro de 2020, ele investiu em um sistema de irrigação por gotejamento que abrange 90% do pomar de laranja, composto por aproximadamente 177 mil árvores, na Fazenda Santa Therezinha, em Bebedouro, SP.

Sistema de irrigação por gotejamento em pomar de citrus

Em poucos meses, os resultados já surpreenderam, como a redução da morte súbita dos citrus. Além disso, mesmo com a forte estiagem, o cooperado da Coopercitrus espera que a produtividade dessa safra seja 60% maior do que um pomar não irrigado. Para as próximas safras, o citricultor estima que a produtividade média aumente entre 10% a 15%.

“A decisão foi imediata para proteger nosso pomar. Optamos pelo gotejamento por ser mais versátil e flexível, já que irriga todo o pomar ao mesmo tempo e possibilita a fertirrigação“, afirma Fabio Ralston, filho de Eduardo, que atua na produção citrícola da família.

O projeto de irrigação conta com um reservatório central com capacidade de 4.500 m³. Também foram instalados dois reservatórios australianos. O conjunto é conectado a três pontos para irrigar os 227 hectares de pomar. O produtor estuda a possibilidade de implantar uma usina de energia fotovoltaica para alimentar todo o sistema.

“O mais importante foi conseguir equalizar a produção para ter uma constância no fluxo de caixa. Além disso, conseguimos antecipar a florada para fugir do clima mais quente”, avalia Fábio, que colhe em média 1.200 a 1.300 caixas de laranja por hectare.

Assista ao vídeo de um caso de sucesso de utilização de sistema de gotejamento en citrus

Assim como a família Ralston, muitos produtores têm apostado na irrigação como aliada para melhorar seus resultados, e encontram na Coopercitrus o suporte completo para o planejamento, a implantação e a manutenção dos sistemas de irrigação.

Uma das vantagens é a possibilidade de fazer a fertirrigação, aplicando os fertilizantes nos tanques de água que alimentam o sistema para fornecer nutrientes ao mesmo tempo em que irriga a planta. Há também a possibilidade de instalar sistemas de automação que permitem programar o funcionamento, definir e analisar a quantidade de água aplicada e acompanhar todos os processos à distância. Com isso, o produtor sabe exatamente a demanda da sua produção e pode tomar decisões mais rápidas no dia a dia.

Com suporte técnico, o fornecimento de projetos e todas as peças para irrigação, a Coopercitrus oferece aos cooperados um pacote completo de soluções para melhorar a produtividade através da irrigação.

Leia também:

Irrigação por gotejamento – gastos sequinhos, produtividade encharcada!

Campo em alerta – A crise hídrica está instalada

Mesma terra, mais grãos!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *