CAMPO -  A importância dos trabalhadores rurais brasileiros

Biodiversidade - Fauna e Flora

Flora – Viuvinha

Viuvinha (Petrea subserrata)

São plantas sempre verdes, produzem flores penduradas tão bonitas que, em inglês, são chamadas de “chuva roxa”

Seu nome científico foi dado por Carl von Linneo (1707-1778) homenageando Robert James Petre, 8° Barão Petre (1713 – 1742) renomado botânico inglês, que no século XVIII, tornou-se famoso pela sua maravilhosa coleção de plantas exóticas.

A viuvinha é sensível a podas, mas tolerante a geadas e a mudanças bruscas de temperatura. A floração é muito visitada por abelhas e borboletas. Não deve ser confundida com a Petrea volubilis que se diferencia pelas folhas menores, as bordas lisas e os racimos florais mais compactos.

VIUVINHA (Petrea subserrata)

Outros nomes – flor de são miguel, touca de viúva, capela de viúva, petréia

Características – trepadeira perene, semi-lenhosa, de 3 a 5 m de altura, com ramos reclinados, muito florífera. Folhas coriáceas, ásperas, de margens irregulares, decíduas no inverno. As flores se formam em inflorescências grandes como cachos, de coloração azul-arroxeada, pequenas e delicadas, de formato estrelado. Ocorre também uma variedade de flores brancas.

Ocorrência – nativa do Brasil

Propagação – sementes e estacas

Função – excelente para recobrir pérgolas, pórticos, grades, muros e caramanchões

Floração – final do inverno e início da primavera

Cuidados – cultivada a pleno sol em solo composto de terra de jardim e terra vegetal, com regas regulares. Necessita de tutoramento para sua formação. Tolerante ao frio.

Leia outros artigos do BlogFlora RuraltecTV clicando no LINK.