CAMPO -  A importância dos trabalhadores rurais brasileiros

Pau Brasil (Paubrasilia echinata) florido

Este é o primeiro artigo da seção FLORA da RuraltecTV. E é significativo que comecemos com a árvore que foi o primeiro produto “exportado” pelo Brasil Colônia, portanto, o “embrião do agronegócio brasileiro”. Mais um importante motivo é que hoje (03 de maio) é o dia do pau brasil, data importante para iniciarmos com a publicação das descrições das várias espécies arbóreas nativas do Brasil.

Fique atento. Tudo sobre a flora brasileira, você encontrará aqui. E poderá até fazer um compêndio com todo o material que será publicado. Vamos lá!

PAU BRASIL (Paubrasilia echinata)

Folhas
Folhas
Floração
Floração

Ocorrência – do Ceará ao Rio de Janeiro. Atualmente sua presença pode ser notada apenas nos estados da Bahia, Espírito Santo e Rio de Janeiro. 
Outros nomes – ibirapitanga, orabutã, arabutá, brasileto, ibirapiranga, ibirapita, ibirapitã, muirapiranga, pau-rosado, pau-pernambuco. 
Características – espécie semidecídua com 8 a 12 m de altura. Consta ter existido no passado exemplares de até 30 m de altura e diâmetro de 50-70 cm. Um exemplar antigo cultivado no Jardim Botânico do Rio de Janeiro possui 25 m de altura e 60 cm de diâmetro. Seus ramos terminais, folhas e frutos são providos de pequenos espinhos. Folhas compostas duplamente pinadas (bipinadas) com 5 a 6 pares de pinas, cada uma com 6 a 10 pares de folíolos, com 1 a 2 cm de comprimento. Seu tronco é áspero e descamante através de placas de forma irregular, deixando mostrar por baixo uma superfície vermelho-alaranjada que contrasta com o restante da casca de cor cinza. Flores muito perfumadas, de cor amarela, que permanecem na planta por menos de uma semana. Frutos são vagens totalmente recobertas por espinhos que se formam logo após a floração e amadurecem deixando cair espontaneamente as sementes em menos de 50 dias. Um kg de sementes de pau brasil contém aproximadamente 3.600 unidades.
Habitat – floresta pluvial atlântica.
Propagação – sementes.

Legumes ainda verdes
Legumes ainda verdes
Legumes maduros abrindo para liberação das sementes
Legumes maduros abrindo para liberação das sementes
Legume aberto com detalhe da semente
Legume aberto com detalhe da semente
Sementes
Sementes

FOTO PAU BRASIL 19
Toretes de pau-brasil – Corte transversal

Madeira – muito dura, pesada, compacta, de grande resistência mecânica e praticamente incorruptível. 
Utilidade – nos tempos coloniais a madeira era muito utilizada na construção civil e naval e para trabalhos de torno, pela coloração vermelho-laranja-vivo. Era também exportada em grande quantidade para extração de um princípio colorante denominado “brasileína” muito usado para tingir tecidos e fabricar tintas de escrever, representando a primeira grande atividade econômica do país. Sua exploração intensa gerou muitas riquezas para o reino e caracterizou um período econômico de nossa história, que estimulou a adoção do nome “Brasil” ao nosso país. Sua madeira, já muito escassa, é empregada atualmente apenas para a confecção de arcos de violino, sendo exportada para vários países exclusivamente para este fim. A árvore, de qualidades ornamentais notáveis e de grande importância histórica para o país, é amplamente cultivada em todo o país com fins paisagísticos.
Florescimento – setembro a outubro.
Frutificação – novembro a janeiro.

Detalhe do tronco e casca
Detalhe do tronco e casca
Toretes de pau-brasil - Corte transversal
Toretes de pau-brasil – Corte transversal
Lâmina de madeira
Lâmina de madeira